19 dezembro 2012

Brasil encerra o ano no Biathlon de Inverno com a quebra de mais um recorde

Brasil encerra o ano no Biathlon de Inverno com a quebra de mais um recorde
Jaqueline Mourão superou o recorde brasileiro de Pursuit em Ridnaun na Itália
Jaqueline Mourão encarou uma verdadeira maratona de competições no último final de semana e, em ótima fase, a atleta conquistou excelentes resultados. Depois de competir sexta-feira (14/12) na 3ª etapa da Copa do Mundo de Biathlon de Inverno realizada em Pokljuka, na Eslovênia,Jaque, viajou para a Itália onde no sábado e domingo (15 e 16/12), competiu na 3ª etapa do circuito IBU Cup, realizada em Ridnaun.
Comprovando estar em ótima forma física e técnica, a atleta desprezou o cansaço do acúmulo de competições e fechou o ano de 2012 com mais um recorde brasileiro no seu curriculum.
No pursuit realizado ontem (16/12), a Norueguesa Marte Olsbu venceu a prova de 10km em 35 minutos e 29 segundos, Jaqueline, com uma ótima performance, terminou apenas 3 minutos atrás da vencedora, acertando 17 dos 20 possíveis tiros (rendimento melhor do que as três primeiras colocadas). Como no Pursuit a ordem de largada leva em consideração a performance da atleta na prova realizada no dia anterior, Jaqueline começou 3 minutos e 51 segundos após Olsbu, tendo como resultado final a diferença de 6 minutos e 41 segundos da vencedora, 18,21%  de diferença entre o tempo da atleta e a média das três primeiras colocadas. Com esse resultado a mineira pulveriza o antigo recorde brasileiro da disciplina (30,76%) que pertencia a ela mesma desde Março de 2012.
Um dia antes, Jaqueline teve a companhia de Mirlene Picin na prova de 7,5km Sprint, e superou pela quinta vez na temporada o índice técnico para o Campeonato Mundial (20%). O resultado de 13,33% também garante a atleta para a disputa da Copa do Mundo de Sochi (Índice técnico da Copa do Mundo: 15%), evento teste na mesma pista onde serão disputadas as provas de Biathlon de Inverno nos Jogos Olímpicos de 2014.
“Voltamos muito contentes com a primeira parte da temporada com os bons resultados alcançados durante toda essa viagem” - comemora Guido Visser, treinador da equipe brasileira de Biathlon.
Jaqueline Mourão que foi uma das selecionadas pelo programa de apoio aos atletas da SOI – Solidariedade Olímpica Internacional, busca a classificação inédita para o país na modalidade.
Jaqueline na temporada 2012/2013



IBU Cup de Idre, na Suécia – Sprint - 18,10% - Índice para o Campeonato Mundial
IBU Cup de Idre, na Suécia – Sprint - 12,63% - Recorde Brasileiro de Sprint
Copa do Mundo de Oestersund, na Suécia - Individual - 22,31%
Copa do Mundo de Oestersund, Suécia – Sprint – 18,05% - Índice para o Campeonato Mundial
Copa do Mundo de Hochfilzen, na Áustria – Sprint - 21,47%
Copa do Mundo de Pokljuka na Eslováquia - Sprint - 20,96%
IBU Cup de Ridnaun, na Itália - Sprint – 13,33% - Índice para o Campeonato Mundial
IBU Cup de Ridnaun, na Itália – Pursuit  – 18,21% - Recorde Brasileiro de Sprint

07 dezembro 2012

O começo foi bom.

Oi pessoal, competimos hoje em Hochfilzen, na Áustria, na 2a etapa da Copa do Mundo de Biathlon. Eu estava me sentindo bem, a carabina estava bem regulada, eu fiz uma primeira volta muito boa e ainda consegui acertar todos os tiros da posição deitada. Mas na posição em pé, o vento estava muito forte e ai perdi três tiros...o resultado percentual foi parecido com o da semana passada se descontarmos um tiro a mais que perdi, mas isso é o biathlon, cada prova é uma prova e hoje várias atletas erraram no tiro em pé e somente três atletas em toda a prova acertaram todos os tiros.
Este foi um resultado ok, poderia ser melhor, mas poderia ser pior tb :-), pois mesmo assim acertei 7 dos 10 tiros possíveis.
Semana que vem tem mais, 3a etapa da Copa do Mundo na Eslovênia e logo no outro dia uma etapa da Copa IBU na Itália, para então finalizarmos este primeiro período de provas.
Atenciosamente,
JM

03 dezembro 2012

Biathlon abaixo de 15 graus negativos!

Pronto, duas Copas do Mundo já estão no currículo!

A segunda prova da Copa do Mundo foi muito desafiadora devido a dois fatores: vento e muito frio.

A prova dos homens já havia sido um festival de erros no tiro e, assistindo a prova, já pude perceber que pelo jeito que eles estavam vestidos e balançado as mãos para esquentar antes do tiro, o frio iria ser muito forte para a prova da feminino, que começava logo em seguida às 16:30.

Coloquei dois conjuntos de roupas térmicas por baixo do uniforme brasileiro, hot shots (saquinhos que esquentam em contato com o oxigênio) nos pés/mãos e a fisioterapeuta do time canadense veio me dar uma força e colocar esta fita no meu rosto para nao congelar!


Depois disso, foi tomar coragem e ir para a largada...


No tiro deitado consegui acertar todos os tiros, e no tiro em pé, mesmo com as mãos congeladas, acertei 3 dos 5 possíveis, tendo um ótimo acerto de 8 tiros em 10. E mais, consegui um ótimo percentual em relação à primeira colocada: nós já estamos a 18% das melhores do Mundo com somente dois anos de prática deste esporte!



Agora iremos para a Áustria, preparar para mais outra etapa da Copa do Mundo, que será na sexta feira, dia 07 de Dezembro.

Confira resultados em www.biathlonworld.com

30 novembro 2012

Estréia foi boa!


Oi pessoal, a estréia na Copa do Mundo foi muito boa, atirei 16 em 20 e ainda conseguimos  já vencer 13 países! Amanhã tem mais...iremos largar na prova sprint, de 10km onde atiramos 2 vezes.
Att.,
Jaque

*Seguem fotos da histórica estréia brasileira em Copas do Mundo de Biathlon!




Jaqueline Mourão estréia hoje na Copa do Mundo de Biathlon

O Brasil fará história com a participação inédita de um atleta brasileiro em Copa do Mundo de Biathlon.
 
A atleta Jaqueline Mourão participará hoje, dia 29 de novembro, da 1a etapa da Copa do Mundo de Biathlon, na cidade de Ostersund (Suécia). Esta é a primeira vez que o Brasil terá um representante em Copa do Mundo.
 
A atleta irá competir na prova individual, onde os atletas passam quatro vezes pelo campo de tiro e esquiam 15km no total. A atleta também participará da prova de sprint no dia 01 de dezembro

Jaque Mourão, que já começou temporada boreal 2012-2013 com uma quebra de recorde no sprint na semana passada na 1a etapa da Copa IBU, foi recentemente eleita melhor atleta dos Desportos da Neve, prêmio Brasil Olímpico do COB.

O seu objetivo principal é a participação no Campeonato Mundial de Biathlon 2013 e garantir a vaga olímpica inédita para esta modalidade em Sochi 2014.
 
Acompanhe os resultados no site www.biathlonworld.com

27 novembro 2012

Temporada nova, recorde novo!



Oi pessoal, começamos a temporada 2012-2013 com a quebra de um recorde brasileiro. Confira release da CBDN em www.cbdn.org.br e resutados aqui


Melhor atleta da Neve!

Jaqueline Mourão foi eleita melhor atleta da modalidade Desportos da Neve no Prêmio Brasil Olímpico 2012. A atleta que já recebeu este prêmio 5 vezes consecutivas no Moutain Bike quebrou todos os recordes possíveis na temporada boreal passada e foi coroada com este prêmio. Confira no site www.premiobrasilolimpico.com.br

25 março 2012

Release CBDN - Jaqueline Mourão bate todos os recordes brasileiros possíveis nessa temporada de inverno


Jaqueline Mourão bate todos os recordes brasileiros possíveis nessa temporada de inverno
Duas marcas dessas marcas inéditas foram registradas pela atleta essa semana no Canadá

A atleta Jaqueline Mourão bateu todos os recordes brasileiros possíveis nessa temporada de inverno no hemisfério Norte, que começou no final de novembro de 2011 e está chegando ao final.

Jaqueline Mourão, que já participou de quatro edições dos Jogos Olímpicos (dois de inverno – ski cross country – e dois de verão – mountain bike), realizou excelentes provas nas duas modalidades que disputa, o Ski Cross Country e o Biathlon de Inverno e registrou marcas inéditas para o Brasil: ela disputou pela primeira vez o Mundial de Biathlon e ainda conquistou o índice para a Copa do Mundo dos dois esportes.

Além dessas participações, a atleta que começou a esquiar ao 25 anos de idade quebrou todos os cinco possíveis recordes no período em ambas as modalidades que disputa.

No Biathlon, durante a IBU Cup 6 realizada em Canmore, Canadá, em 12/02 ela terminou a prova de Sprint com 13,31% (em relação às três primeiras colocadas); em 15/02 durante a IBU Cup 7 no mesmo local ela terminou a prova de Individual com 11,61% e pouco menos de um mês depois, a mineira voltou a surpreender ao registrar em 11/03 em Alteberg na Alemanha a marca de 30,76% na prova de Pursuit.

A esquiadora também demonstrou um notável desempenho físico e técnico nas provas de Ski Cross Country e bateu mais dois recordes brasileiros: no primeiro conquistou 74,06 pontos FIS (Federação Internacional de Ski) durante a prova de Distance em Parc Du Mont Ste.Anne realizada dia 20/03 no Canadá, o primeiro resultado brasileiro na história abaixo dos 100 pontos FIS, superando inclusive, a campeã olímpica Chandra Crawford (CAN), medalha de ouro no Sprint dos Jogos Olímpicos de 2006.

Dois dias depois ela participou da prova de Sprint e somou 181,79 pontos, outra marca nunca antes registrada por uma atleta brasileira na história da modalidade.

“O recorde de ontem(22/03) coroa a temporada impecável da Jaqueline e todo o árduo trabalho realizado pela atleta nos últimos anos” afirma Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve.

Agora Jaqueline terá mais um desafio. Ela seguirá para Craftsburry, nos Estados Unidos, onde participará da prova de Sprint de 2,5km nesse sábado(24). O atleta Leandro Ribela que também representou o Brasil no campeonato nacional canadense e registrou importantes pontos agora disputará três provas de Ski Cross Country: duas de Sprint, sendo uma de 3,5km no sábado e outra de 1km no domingo (25) e uma de Pursuit de 6km na segunda-feira (26).

Os resultados da atleta contaram com um importante trabalho da equipe multidisciplinar de biathlon, formada por profissionais de diferentes áreas, além do importante apoio do programa Solidariedade Olímpica Internacional do COI – Comitê Olímpico Internacional, que contribuiu de forma significativa durante toda a temporada de inverno no hemisfério Norte.

Filiada ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB), à Federação Internacional de Esqui (FIS) e à União Internacional de Biathlon (IBU), a CBDN é a entidade nacional de administração dos esportes de neve no Brasil e conta com o apoio do Ministério do Esporte. Atualmente a CBDN representa as modalidades olímpicas Ski Alpino, Snowboard, Ski Cross Country, Biathlon e Ski Freestyle, além de promover o Rollerski, o Biathlon de Verão e o Esqui na Grama.

Michele Barcena
Coordenadora de Comunicação e Marketing
CBDN - Confederação Brasileira de Desportos na Neve
Site: www.cbdn.org.br
Facebook: @CB Desportos na Neve
Twitter: @cbdnbr
tel (55-11) 3018 80 11