19 janeiro 2014

Regras qualificatórias do Biathlon


Como muitas pessoas me perguntaram o que falta para confirmar a inédita vaga brasileira no Biathlon em Sochi 2014, segue uma explicação resumida.

As top 27 nações no ranking somatório dos dois mundiais (2012 e 2013) classificariam para os Jogos de Sochi. As top 5 nações neste ranking tem o direito de levar 6 atletas, 6o até 15o lugar têm o direito a 5 atletas, 16o a 20o lugar, 4 atletas, e do 21o até o 27o lugar tem o direito de levar 1 atleta.

Este ranking foi elaborado contando os pontos das três melhores atletas de cada nação nos Mundiais e os pontos das provas de revezamento. Ou seja, todos os países que tinham somente uma atleta representante no Mundial ficou de fora das 27 nações, pois mesmo chegando à frente de algumas atletas de grandes nações, a atleta pontua somente uma vez e acaba sendo ultrapassada por países que têm mais atletas no Mundial.

Mas além destes critérios existem os critérios internos de cada país. Exemplo: o Canadá já confirmou que irá utilizar somente 4 das 5 cotas que eles têm direito. Então, Andorra (28a nação) já pode contar com uma vaga confirmada, já a Suécia e Finlândia têm 5 cotas cada uma, mas até agora somente uma atleta conseguiu cumprir o critério interno elaborado pelo país.


Ou seja, assim que os países confirmarem as cotas, saberemos se iremos ou não. O Brasil é o quinto da lista e as chances são bem grandes de confirmarmos nossa vaga. Saberemos dentro de poucos dias!

Mantenham os dedos cruzados para a gente!


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário